R. Urussuí, 92 conj. 116/117
Itaim Bibi | São Paulo - SP

contato@dradanielatelo.com

Tel: (11) 3071-2313 

WhatsApp: (11) 940225119

  • White Instagram Icon

© 2017 por Clínica Dra. Daniela Telo - Medicina do Estilo de Vida e Endocrinologia

Criado orgulhosamente por Duo RP

ESTRESSE ENGORDA ?

October 30, 2017

 

 

Essa charge é muito feliz porque sabemos o poder que um menue de sobremesas exerce sobre cérebros estressados, certo ? Quem nunca, "se permitiu"  comer aquela torta de chocolate por ter passado um dia de tensão no trabalho ?

 

Estudos mostram que pessoas submetidas cronicamente ao Stress, tem uma tendência maior de ganhar peso nos próximos meses ou próximo ano. Isso se deve a liberação maior de hormônios que aumentam nosso apetite, tais como a Ghrelina. 

 

Sob estress acionamos o mecanismo de Recompensa que nos torna ávidos por alimentos mais palatáveis (doces, alcool, pães, bolachas), os chamados confort foods ?  

 

Outro hormônio conhecido como hormônio do stress, o famoso CORTISOL, tem na literatura um papel menos claro do que o entendimento popular sobre o mecanismo de ganho de peso ativado a partir de níveis elevados de Cortisol. Muito se estuda mas pouco se conclui.

 

Se você se encontrou nessa lista e acrescentaria como quarto item: perder peso, esse post é definitivamente para você.

 

É fato que níveis mais altos de Cortisol estão associados ao maior ganho de peso. Isso foi demonstrado por mais um estudo publicado na Revista Obesity ainda nesse ano : "Stress, cortisol, and other appetite-related hormones: Prospective prediction of 6-month changes in food cravings and weight."

 

Nesse estudo, com mais de 300 pacientes submetidos a algum tipo de estresse pelo período dos últimos 6 meses, 49.9% ganharam peso, mesmo já afastados do ambiente estressogênico e, com níveis em redução dos hormônios estudados: insulina, cortisol e ghrelina

 

Os que mais ganharam peso foram aqueles com maiores níveis basais de Ghrelina, mas, os níveis de cortisol e insulina também foram preditivos positivos para maior ganho de gordura corporal e food cravings (ataques de compulsão alimentar). 

Vale lembrar que a compulsão alimentar está dissociada do prazer em comer. É um ato impulsivo, de preenchimento, mecânico, puro e simples porém, impossível de parar depois de desencadeado. Então, se você conhece uma pessoa compulsiva, não tente falar para ela simplesmente parar de comer. Sugira ao invés, que ela busque ajuda. Compulsão doença e não falta de motivação.

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Blog

Destaques

DIA MUNDIAL DA OBESIDADE - O que você faz por essa causa ?

October 11, 2017

1/9
Please reload

Arquivos
Please reload

Siga-me
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Instagram Icon