Projeto Bentinha

O Projeto Bentinha remete à alcunha dada por Monteiro Lobato à bisavó da Dra. Daniela Telo. Dona Lígia Estrada, seu verdadeiro nome, foi curiosamente a primeira mulher brasileira aprovada pela Faculdade de Medicina da USP. Impedida por seu padrasto de realizar o curso, acabou conhecendo na Faculdade de Letras o marido, que era escritor e amigo de Monteiro Lobato, assíduo frequentador da casa do casal. Entre os deliciosos quitutes de Dona Lígia, Monteiro Lobato, já autor do Sítio do Picapau Amarelo, viu nela o estereótipo da própria Dona Benta e, sugeriu que escrevesse o primeiro Tratado de Culinária Brasileira, publicado com o título "Comer Bem".

O objetivo do Projeto Bentinha é resgatar a culinária saudável e caseira e estabelecer uma nova relação, um novo vínculo com a comida de verdade, levando em conta as expectativas pessoais de peso corporal, necessidades médicas e limitações sociais.

O Projeto é indicado para pacientes com excesso de peso e/ou transtorno alimentar que estejam com dificuldade de perder ou de manter o peso perdido. Com duração de quatro meses, inclui consultas com uma equipe multidisciplinar, com endocrinologista, nutricionista, psicóloga e profissional de estética corporal.

Os candidatos ao Projeto passam primeiro por uma avaliação para buscar complicações clínicas e possíveis obstáculos contra a perda de gordura corporal. Em seguida, o paciente realiza uma avaliação Antropométrica com bioimpedância e circunferências.

A nutricionista traça junto com o paciente as metas de peso e o plano alimentar, e a psicóloga realiza entrevistas individualizadas e oferece todo o suporte terapêutico necessário durante o Projeto.

Primeiro mês
Tomada de Consciência e Choque na Gordura

O primeiro passo é traçar o planejamento ao longo dos próximos 4 meses, com sessão de Coaching em Nutrição para definir motivadores e metas viáveis de peso conforme o resultado da Bioimpedância. Inicia-se o primeiro plano alimentar, e na terceira semana é aplicado um questionário para avaliar o nível de estresse e a prática de Mindful Eating.

Segundo mês
Consciência das Emoções

No segundo mês, é realizado um novo planejamento alimentar e uma nova bioimpedância. Na sexta semana, o paciente almoça com a nutricionista e na sétima semana, ele é novamente avaliado.

Terceiro mês

 Consciência de Fome
e Saciedade

O planejamento alimentar é renovado mais uma vez, sempre respeitando a aceitação e o paladar do paciente, conforme as novas metas da bioimpedância. Avalia-se a prática de Mindfulness e o paciente realiza uma nova sessão de Coaching em Nutrição.

Quarto mês

 

Consciência do meio social e suas escolhas

No último mês do Programa, é realizado um novo planejamento alimentar com base na quarta bioimpedância, sessões de Coaching em Nutrição e uma nova sessão com a psicóloga, para encerrar o programa avaliando as metas alcançadas e propondo novos desafios para seguir no projeto de Manutenção (consultas mensais ou quinzenais conforme a demanda) ou seguir com a perda de peso.

R. Urussuí, 92 conj. 116/117
Itaim Bibi | São Paulo - SP

contato@dradanielatelo.com

       clinicadradanielatelo

WhatsApp: (11) 947974929

  • White Instagram Icon

© 2017 por Clínica Dra. Daniela Telo - Medicina do Estilo de Vida e Endocrinologia

Criado orgulhosamente por Duo RP