• Dra. Daniela Telo

Por que comemos cada vez menos e engordamos cada vez mais ?


Como explicar o aumento de 54% nas taxas de OBESIDADE de 2006 para os últimos dados do Vigitel de 2016 ? Isso mesmo, em 2006 éramos 11% de adultos obesos e, em 2016 batemos 17% de obesidade ! Se falarmos em sobrepeso (IMC 25 e 30kg/m2) esse número sobe para uma média de 54% entre adultos brasileiros.

Hão de concordar que o que não falta é informação sobre dietas para emagrecer, certo ? Costumo dizer que é tanta dieta da moda que nem a moda consegue acompanhar e, o que é publicado hoje vira ultrapassado amanhã, não é ? Uma hora pode leite mas ovo nem pensar, agora 12 ovos por dia parece legal mas sem a gema ... afff até eu que só cuido disso há 11 anos, ficaria confusa.

Se formos resgatar a primeira edição do livro Comer Bem da minha bisavó Dona Benta, parece que vamos engordar só de ler a primeira receita: 8 ovos (juro que não encontrei nenhuma receita dela com menos de 3 ovos inteiros, claro... fico imaginando Dona Lígia Estrada - verdadeiro nome da Dona Benta, vendo alguém fazer omelete só de claras, é sério ??), manteiga, banha, mais manteiga, assucar (na época se escrevia assim mesmo), farinha, leite, fermento ... enfim, toda alquimia que crescemos sabendo que dá muuuito certo mas ... engorda. Então porque as taxas de sobrepeso e obesidade daquela época eram 70% menores que a da geração do ovo sem gema com salada ?

São inúmeros os fatores causais que pretendo abordar nesse blog então resolvi listar o que acredito ter maior fundamento científico e com isso ajudá-lo a pegar a esteira inversa rumo ao excesso de peso.

1. DESVITALIZAÇÃO DA COMIDA - " Descasque mais, Desembale menos "

2. GORDURA COMO VILÃ - para não aumentar o colesterol, passamos a comer entre 60 a 80% de carboidratos na distribuição de calorias diárias.

3. ESTRESSE - é fácil perceber o quanto o estresse nos faz comer mais e mais rápido, escolher pior os alimentos, pular refeições e compensar na próxima mas, e será que o cortisol, hormônio do estresse engorda mesmo sem ingerirmos mais calorias ?

4. SEDENTARISMO - dispensa explicações...

5. SÍNDROME DA RECOMPENSA - quem nunca tentou preencher um vazio afetivo, uma frustração com uma bela barra de chocolate ?

6. FAZER DIETA ENGORDA - nosso cérebro busca prazer, quando entramos em dietas com objetivo de emagrecer, submetemos nosso cérebro a privação. A recompensa viria na perda de peso mas, e se ela não vier conforme a expectativa ? Ou mesmo quando vem, sabemos que em 95% das vezes, voltamos a engordar, aí entramos em outra dieta... "essa é top", "tal pessoa perdeu 15kg em 3 meses" e, o final...sanfona !

7. CULTO AOS CORPOS IMPOSSÍVEIS - por mais que racionalmente saibamos que os corpos mais que perfeitos disparados a todo segundo pelas redes sociais, sejam inatingíveis seja por hábitos difíceis de reproduzir a não ser que essa vire a sua profissão, seja simplesmente por determinação genética (não queira ter perna, braço ou quadril finos se Deus não te fez assim), a mensagem visual é muito forte e rapidamente viraliza no mundo atual do imediatismo. Os mais impactados em geral, são adolescentes e os portadores de transtornos alimentares. Difícil tirar deles a ideia fixa de um abdome definido, invertido, bumbum arrebitado, braços esquálidos e, o campeão de todos: números mágicos na balança, mesmo que só o tenham atingido aos 15 anos de idade e agora, aos 35 depois de um ou dois filhos... fica um pouco difícil, concordam ?

8. ESTÔMAGO NÃO TEM DENTE - com a correria do dia a dia, pulamos a primeira etapa do complexo processo de saciedade. Sem mastigar a comida na boca, o cérebro não percebe que estamos comendo. Por isso é tão comum sentirmos de 15, 30´, ou 1 hora depois de uma refeição, uma sensação repentina de "Por que comi tanto ?"

9. POUCA ÁGUA E MUITO SUCO - Só o fato de não tomarmos o mínimo de 10 copos de água por dia, aumenta nossa chance de ganhar gordura, você sabia ? Em parte porque nosso cérebro confunde a sensação de sede com fome, em parte porque beber água antes das refeições nos ajuda a comer menos. Agora se no lugar de água, optarmos por sucos calóricos ? Aí ferrou... me desculpem o termo mas, no assunto obesidade, poucas são as unanimidades mas, tai uma: suco de frutas mesmo natural é açúcar (frutose) líquido e portanto engorda. Daí, a saída é acrescentar fibras através dos talos, folhas verdes ou porque não comer a fruta ? Com a fibra, a frutose demora mais para ser absorvida e, com isso, liberamos menos insulina, hormônio anabolizante para gordura.

10. DEMONIZAÇÃO DE ALIMENTOS - Proibir alimentos é a regra no universo de quem deseja emagrecer e que parte do " tirar pirulito de criança" esquecemos que só torna o pirulito mais atraente ? Simples assim.

#emagrecer #dietaengorda #comerbem #comidadeverdade

0 visualização

R. Urussuí, 92 conj. 116/117
Itaim Bibi | São Paulo - SP

contato@dradanielatelo.com

       clinicadradanielatelo

WhatsApp: (11) 947974929

  • White Instagram Icon

© 2017 por Clínica Dra. Daniela Telo - Medicina do Estilo de Vida e Endocrinologia

Criado orgulhosamente por Duo RP